2c6833b0-77e9-4a38-a9e6-8875b1bef33d diHITT - Notícias Sou Maluca Sim!: Fevereiro 2013
quinta-feira, 28 de fevereiro de 2013 1 comentários

EU APRENDI...





"Eu aprendi...
...que ignorar os fatos não os altera;

Eu aprendi...
...que quando você planeja se nivelar com alguém, apenas esta permitindo que essa pessoa continue a magoar você;

Eu aprendi...
...que o AMOR, e não o TEMPO, é que cura todas as feridas;

Eu aprendi...
...que ninguém é perfeito até que você se apaixone por essa pessoa;

Eu aprendi...
...que a vida é dura, mas eu sou mais ainda;

Eu aprendi...
...que as oportunidades nunca são perdidas; alguém vai aproveitar as que você perdeu;

Eu aprendi...
...que quando o ancoradouro se torna amargo a felicidade vai aportar em outro lugar;

Eu aprendi...
...que não posso escolher como me sinto, mas posso escolher o que fazer a respeito;

Eu aprendi...
...que todos querem viver no topo da montanha, mas toda felicidade e crescimento ocorre quando você esta escalando-a;

Eu aprendi...
...que quanto menos tempo tenho, mais coisas consigo fazer.
(
Boa noite , Amor )"
Autor: William Shakespeare



              Mucamas do PCdoB
          PROSTITUIÇÃO NO PCdoB
1 comentários

MEDO DA FELICIDADE


Muita gente tem medo da felicidade. Para essas 
pessoas, esta palavra significa mudar uma serie de hábitos - e perder sua própria identidade. 

Muitas vezes nos julgamos indignos das coisas boas que acontecem conosco. Não aceitamos - porque aceitá-los nos dá a
sensação de que estamos devendo alguma coisa a Deus. Pensamos;

" É melhor não provar o cálice da alegria, porque, quando este nos faltar, iremos sofrer muito." Por medo de diminuir, deixamos de crescer. Por medo de chorar, deixamos de sorrir.








              Mucamas do PCdoB
          PROSTITUIÇÃO NO PCdoB
quarta-feira, 27 de fevereiro de 2013 0 comentários

BANHO DE FRUTAS E SUA EFICÁCIA NO AMOR E NOS PROBLEMAS EMOCIONAIS





                       Obs:- É só esfregar as frutas no corpo e deixar por um tempo, depois enxágue.

Muitas pessoas não sabem, mas nada como um bom banho de frutas para aliviar o estresse do dia-a-dia, para acabar com a insônia, aliviar os sintomas da síndrome do pânico, cólicas menstruais, sintomas indesejáveis da menopausa, crise de ansiedade e outros fatores emocionais.

O banho de frutas também ajuda arrumar um grande amor, para apimentar os namoros, e também para acalmar alguns tipos de relacionamento conturbados, principalmente se os problemas estiverem afetando você emocionalmente.

Nada como um belo banho de pêssego e cupuaçu para seus cabelos e sua pele ficar macia e hidratada.
Os banhos devem ser feitos com a própria fruta ou a essência extraída da fruta, não essências compradas.

ABACATE
Cosmético - Para cabelos secos e ressecados, para pele cansada.
Terapêutico - Ajuda a combater crises de ansiedade e a irritabilidade.

ACEROLA
Cosmético - Hidrata e ajuda no rejuvenescimento da pele.
Terapêutico - Ajuda nas crises de enxaqueca.

BANANA
Cosmético - Emoliente, amaciante, fotoprotetora, hidratante, nutritivo, revitalizante, para pele seca, sensível e danificada.

COCO
Cosmético - Anti-envelhecimento, emoliente, amaciante. Hidratante, nutritivo, tônico para pele seca, sensíveis e danificadas.
Terapêutico - Ajuda na irritabilidade e nervosismo.

CUPUAÇU
Cosmético - Para cabelos secos e tingidos, para tratamento de pele seca e ressecadas, rejuvenesce a pele.
Terapêutico - Crises de ansiedade e insônia.

FIGO
Terapêutico - Para crises de enxaqueca e problemas estomacais, ajuda nas cólicas intestinais.

KIWI
Cosmético - Anti-envelhecimento, anti-manchas e hidratante.
Terapêutico - Anti-inflamatório, relaxante e exaustão.

MAÇA-VERDE
Terapêutico - Anti-alérgico, calmante para pessoas muito nervosas, insônia dificuldade de relacionamento, e para atração do sexo oposto.

MANGA
Cosmético - Anti-alérgico, emoliente, amaciante, hidratante, para pele seca, sensível e danificada.
Terapêutico - Para dores musculares e nevrálgicas.

Existem também os banhos com outras como: morango, pêssego, pitanga, laranja, tangerina, melancia, pera,  maça vermelha (que misturada com champanhe e faz com que você arrume um grande amor)

Font: Eu Sou uma Bruxa




              Mucamas do PCdoB

          PROSTITUIÇÃO NO PCdoB
2 comentários

CICLOS EM NOSSAS VIDAS...



Sempre é preciso saber quando uma etapa chega ao final...
Se insistirmos em permanecer nela mais do que o tempo necessário, perdemos a alegria e o sentido das outras etapas que precisamos viver. 
Encerrando ciclos, fechando portas, terminando capítulos. Não importa o nome que damos, o que importa é deixar no passado os momentos da vida que já se acabaram.
Foi despedida do trabalho? Terminou uma relação? Deixou a casa dos pais?
Partiu para viver em outro país?

A amizade tão longamente cultivada desapareceu sem explicações?
Você pode passar muito tempo se perguntando por que isso aconteceu.
Pode dizer para si mesma que não dará mais um passo enquanto não entender as razões que levaram certas coisas, que eram tão importantes e sólidas em sua vida, serem subitamente transformadas em pó.
Mas tal atitude será um desgaste imenso para todos: seus pais, seu marido ou sua esposa, seus amigos, seus filhos, sua irmã, todos estarão encerrando capítulos, virando a folha, seguindo adiante, e todos sofrerão ao ver que você está parado.

Ninguém pode estar ao mesmo tempo no presente e no passado, nem mesmo quando tentamos entender as coisas que acontecem conosco.
O que passou não voltará: não podemos ser eternamente meninos, adolescentes tardios, filhos que se sentem culpados ou rancorosos com os pais, amantes que revivem noite e dia uma ligação com quem já foi embora e não tem a menor intenção de voltar.
As coisas passam, e o melhor que fazemos é deixar que elas realmente possam ir embora. Por isso é tão importante (por mais doloroso que seja!) destruir recordações, mudar de casa, dar muitas coisas para orfanatos, vender ou doar os livros que tem.

Tudo neste mundo visível é uma manifestação do mundo invisível, do que está acontecendo em nosso coração...
... e o desfazer-se de certas lembranças significa também abrir espaço para que outras tomem o seu lugar.
Deixar ir embora. Soltar. Desprender-se.
Ninguém está jogando nesta vida com cartas marcadas, portanto às vezes ganhamos, e às vezes perdemos.
Não espere que devolvam algo, não espere que reconheçam seu esforço, que descubram seu gênio, que entendam seu amor.

Pare de ligar sua televisão emocional e assistir sempre ao mesmo programa, que mostra como você sofreu com determinada perda: isso o estará apenas envenenando, e nada mais.
Não há nada mais perigoso que rompimentos amorosos que não são aceitos, promessas de emprego que não têm data marcada para começar, decisões que sempre são adiadas em nome do "momento ideal".
Antes de começar um capítulo novo, é preciso terminar o antigo: diga a si mesmo que o que passou, jamais voltará. Lembre-se de que houve uma época em que podia viver sem aquilo, sem aquela pessoa - nada é insubstituível, um hábito não é uma necessidade.

Pode parecer óbvio, pode mesmo ser difícil, mas é muito importante.
Encerrando ciclos. Não por causa do orgulho, por incapacidade, ou por soberba, mas porque simplesmente aquilo já não se encaixa mais na sua vida.
Feche a porta, mude o disco, limpe a casa, sacuda a poeira. Deixe de ser quem era, e se transforme em quem é.

Torna-te uma pessoa melhor e assegura-te de que sabes bem quem és tu própria, antes de conheceres alguém e de esperares que ele veja quem tu és...
E lembra-te :
Tudo o que chega, chega sempre por alguma razão.
(Fernando Pessoa)




              Mucamas do PCdoB

          PROSTITUIÇÃO NO PCdoB
terça-feira, 26 de fevereiro de 2013 2 comentários

MOZART E O MELHOR AMIGO DO HOMEM



Wolfgang Amadeus Mozart, grande compositor clássico, nasceu no dia 27 de janeiro de 1756, em Salzburgo, na Áustria. Extremamente importante, esse compositor do século XVIII é considerado como um dos músicos mais famosos. Foi em Paris, quando Wolfgang tinha sete anos, que suas primeiras obras publicadas apareceram.

Mozart teve vários anos de glória, sendo reconhecido por reis e rainhas de toda Europa. No entanto, nunca soube lidar com dinheiro. A exploração de sua bondade e genialidade musical logo surgiria por parte de grandes oportunistas. Já casado, começou a ver sua vida desmoronar. A mulher abandonou-o. A mãe, que tanto amava, adoeceu gravemente. Mozart, sem dinheiro, vendia composições em troca de remédios para sua mãe, que faleceu após alguns meses. Triste e desiludido, Mozart caiu enfermo.

O único amigo fiel, seu cachorro, foi quem ficou ao seu lado até o dia de sua morte, em 5 de Dezembro de 1791. Mozart foi enterrado numa vala comum, em Viena. Sua mulher, Constanze Weber, que estava em Paris, ficou sabendo da morte de Mozart e partiu para Viena a fim de visitar o túmulo do marido. Ao chegar lá, entrou em desespero ao saber que Mozart havia sido enterrado como indigente, sem que lhe dessem nem uma placa com seu nome como lápide.

Era dezembro (inverno europeu), fazia frio e chovia em Viena. Constanze resolveu “vasculhar” o cemitério à procura de alguma “pista” que pudesse dizer onde Mozart fora enterrado. Procurando entre os túmulos, viu um pequeno corpo, congelado pelo frio, em cima da terra batida. Chegando perto reconhece o cachorro querido de Mozart.

Hoje, quem visitar Viena, verá um grande mausoléu, onde está o corpo de Mozart e de seu cachorro. Foi por causa do amor desse animal de estimação que Mozart pode ser achado e removido da vala comum onde fora enterrado. Ele permaneceu com seu dono até depois do final. Morreu junto ao tumulo de seu dono porque, sem ele, não poderia mais viver.

Encontrei esse texto na internet há alguns dias. Poético e emocionante… Quanto dessa história é verdade?

Curiosa fui em busca de mais informações. Descobri que o corpo de Mozart não foi encontrado, e que o Mausoléu é apenas uma homenagem (mas que há realmente a figura de um cão entre as esculturas). Descobri também que o enterro simples, em vala comum, era normal na época (e não uma consequência da desgraça de Mozart como o texto faz parecer).

Por outro lado há várias citações sobre um cão que seria companheiro de Mozart nos últimos anos de vida, e há pinturas e gravuras antigas em que é mostrado o enterro de Mozart sendo acompanhado apenas por um cão. Dá o que pensar…

O que sei sobre nossos amigos de quatro patas é que esse amor vai além da vida é real. Acompanhei mais de um caso de cães que entristeceram e mudaram seu comportamento após a morte do dono ou de alguém da família. E já vi em jornais e na televisão casos de cães que acompanharam seus donos para o cemitério… e ficaram por lá.

Lembro muito de uma história que li quando era criança, numa revista sobre cães, sobre um cãozinho que se recusava a sair de perto do túmulo do dono. Toda a cidade passou a cuidar do cãozinho, que viveu ainda por alguns anos. Semana passada vi na TV outro caso, de um cão numa cidadezinha do interior, que acompanha todos os cortejos fúnebres da cidade. Há quem acredite que ele procura ainda pelo dono.

Um amor como esse merece respeito e atenção.

JULIANA SAMPAIO




              Mucamas do PCdoB
          PROSTITUIÇÃO NO PCdoB
segunda-feira, 25 de fevereiro de 2013 1 comentários

MÁSCARA DE HIPOGLOS





Truque de beleza para todos os tipos de pele.

Limpe bem o rosto com uma loção de limpeza

Aplique alguns pontinhos de Hipoglós no rosto (testa, bochechas,nariz e queixo, dissolvido com Vitamina A)
Em seguida espalhe o Hipoglós em todo rosto massageando, até que fique uma máscara.
No outro dia lave bem o rosto para retirar os resíduos da máscara.
Usar de 2 a 3 vezes na semana (antes de dormir).


INDICAÇÃO: SUMIÇO DE MANCHAS, MACIEZ E CLAREAMENTO DA PELE. 

Clarear manchas

Hipoglos
1 tampa de Bepantol
Misture os ativos, aplicar com pincel e deixar por 25 minutos.
Lavar bem e aplicar filtro solar.
3X por semana

Acne e oleosidade

Hipoglos
2 colheres de chá de raspa da maça
Misture em uma cubeta
Aplicar e deixar agir por 25 minutos
2 X por semana.

Máscara Firmadora

1 folha de alga (nori, usada para sushi)
1 clara de ovo
1 colher de sopa de hipoglos
Bater tudo no liquidificador, passar com um pincel sobre o rosto. aguarde 30 minutos e quando secar, retirar com água fria.

Olheiras,
passar hipoglos toda noite antes de dormir em volta dos olhos, a pele absorve tudo.







              Mucamas do PCdoB

          PROSTITUIÇÃO NO PCdoB
domingo, 24 de fevereiro de 2013 1 comentários

O PODER DO INHAME




O INHAME LIMPA O SANGUE
É um dos alimentos medicinais mais eficientes que se conhece: faz muitas impurezas do sangue saírem através da pele, dos rins, dos intestinos. No começo do século já se usava elixir de inhame para tratar sífilis.

FORTALECE O SISTEMA IMUNOLÓGICO
Os médicos orientais recomendam comer inhame para fortificar os gânglios linfáticos, que são os postos avançados de defesa do sistema imunológico. Curioso que a forma do inhame seja tão semelhante à dos gânglios...

É MAIS PODEROSO QUE A BATATA
E tem a vantagem de ser nativo, enquanto a semente da batata é importada. Inhame dá com fartura em qualquer lugar úmido. Em vez de apodrecer na cesta, como a batata, ele brota e produz mais inhames. Nas mulheres aumenta a fertilidade porque contém fitoestrógenos, hormônios vegetais, importantes na menopausa e após.

MEDICINAL É O PEQUENO, CABELUDO
Marronzinho por fora, com a pele variando de roxo a branco. Existem ainda o inhame do norte e o cará, maiores e mais lisos, que são muito bons para comer mas não têm o mesmo poder curativo do inhaminho (também chamado de inhame chinês).

A FOLHA PARECE COM A TAIOBA
É da mesma família; ao contrário do que se pensa, a folha do inhame também serve para comer, cozida ou refogada.

EMPLASTRO DE INHAME PUXA TUDO:
furúnculos, quistos sebáceos, unhas encravadas, verrugas, espinhas insistentes, farpas ou cacos de vidro que entram nas mãos ou nos pés. Desinflama cicatrizes, elimina o sangue pisado de contusões, abcessos e tumores. Pode ser usado imediatamente após fraturas ou queimaduras para evitar inchaço e dor, e também em processos inflamatórios de hemorroidas,  apendicites, artrites, reumatismos, sinusites, pleurisias, nevralgias, neurites, eczemas.
Em caso de tumor no seio ou em outros lugares junto à pele é ótimo usar o emplastro de inhame durante uma semana antes de operar, pois ele vai aumentar esse tumor atraindo toda substância semelhante que houver no interior do corpo e evitar outros tumores. Serve ainda para baixar febres.

Fonte: Eu Sou uma Bruxa




              Mucamas do PCdoB
          PROSTITUIÇÃO NO PCdoB


0 comentários

PAVÊ DE BOLACHAS PASSATEMPO




INGREDIENTES

Tempo de preparo
1h 00min
Rendimento
8 porções

2 pacotes de bolachas de chocolates
1 litro de leite
1 creme de leite
1 lata de leite condensado
1 coco ralado de 200 g
2 gemas
1 leite de coco
1 lata de Nescau pequena
1 e 1/2 colheres de maisena
3 claras em neve

MODO DE PREPARO
Coloque o leite condensado, a mesma medida de leite, as gemas e a maisena no liquidificador, bata por 2 minutos
Coloque em seguida no fogo para fazer o creme, aos poucos coloque o leite de coco e deixe o creme separado
Coloque o leite em uma vasilha e coloque o Nescal, de preferência bastante
Molhe as bolachas e comece a formar o pavê, uma camada de cada
Bata 3 claras em neve e misture o creme de leite
Coloque 2 colheres (sopa) de nescau sobre a clara em neve com o creme de leite
Cubra o pavê com a clara e o creme de leite e jogue bastante coco ralado
Leve à geladeira por 2 horas




              Mucamas do PCdoB
          PROSTITUIÇÃO NO PCdoB
0 comentários

William Shakespeare (1564-1616)




                                                             William Shakespeare

Dramaturgo e poeta inglês, William Shakespeare é reconhecido como o maior dramaturgo de todos os tempos. Suas obras foram amplamente publicadas e traduzidas para todas as principais línguas do mundo.

Sua Vida
A data de nascimento de Shakespeare é desconhecida. Acredita-se que ele nasceu em 23 de abril de 1564, baseado em registros de seu batizado que ocorreu em 26 de abril do mesmo ano. Como era costume batizar a criança 3 dias após o seu nascimento, a data 23 de abril é tradicionalmente aceita como sendo de seu nascimento.

William Shakespeare foi o terceiro dentre oito crianças, e o mais velho dos filhos homens de John Shakespeare, um comerciante de lã, e de Mary Arden, filha de um rico proprietário de terras.
Shakespeare compôs suas peças durante o reinado da Rainha Elizabeth I, que governou a Inglaterra de 1558 a 1603, e durante o reinado de James I, que governou o país após a morte da rainha. Nessa época, a Inglaterra prosperava na poesia e no teatro.

Em 1582, aos 18 anos, Shakespeare casou-se com Anne Hathaway. Anne tinha 26 anos e estava grávida. O casal teve uma filha, Susanna, e dois anos depois tiveram os gêmeos Hamnet e Judith.
Por volta do ano de 1588, Shakespeare mudou-se para Londres e em 1592, ele já havia adquirido sucesso como ator e dramaturgo. Contudo, eram suas poesias – e não suas peças – que eram aclamadas pelo público. Isto ocorreu devido ao fato de, entre 1592 e 1594, durante 21 meses, os teatros permaneceram fechados por conseqüência da peste. Seus dois poemas que foram publicados são Vênus e Adônis em 1593, e O Rapto de Lucrécia em 1594.

Estes dois poemas e seus Sonetos (1609) trouxeram-lhe reconhecimento como poeta. Seus Sonetos tornaram-se famosos por explorar todos os aspectos do amor.
Shakespeare escreveu mais de 38 peças, que estão divididas entre comédias, tragédias e peças históricas. Seus escritos são famosos até os dias de hoje, e suas atuações trouxeram-lhe riqueza (ele era sócio da companhia de teatro). Shakespeare não publicava suas peças, já que a dramaturgia não era bem paga. Na época, não havia direitos autorais. Shakespeare pretendia que suas peças fossem representadas em vez de publicadas.

Com o dinheiro adquirido na companhia teatral, Shakespeare tornou-se rico. Ele comprou uma casa em Stratford e muitas outras propriedades, tais como hectares de terras férteis e uma casa em Londres.
Shakespeare escreveu a maioria de suas peças entre 1590 e 1611. Por volta de 1611, ele aposentou-se em Stratford, onde havia estabelecido sua família.
Shakespeare morreu em 23 de abril de 1616, no mesmo mês e dia tradicionalmente atribuídos como sendo de seu nascimento.

Suas Obras
As peças de Shakespeare são normalmente divididas em três categorias: comédias, peças históricas e tragédias.

Comédias
Algumas de suas comédias mais famosas são: A Comédia dos Erros, Os Dois Cavalheiros de Verona, Sonho de Uma Noite de Verão, O Mercador de Veneza, Muito Barulho Por Nada, Como Quiserdes, A Megera Domada e A Décima Segunda Noite.
As comédias de William Shakespeare celebram a vida social e expõem a tolice humana, passando por fases: as primeiras são na maioria farsas leves, que incluem tramas e personagens cômicos. Há também as comédias alegres, marcadas por um tom alegre e personagens cativantes. Já as comédias baseadas em problemas tratam de temas complexos e normalmente desagradáveis, contendo personagens cujos defeitos morais são mais graves e difíceis de modificar que os defeitos dos personagens das farsas ou comédias alegres.

Peças Históricas
As peças históricas eram populares na época de Shakespeare. Ele escreveu dez dessas peças, retratando os reinados dos reis da Inglaterra medieval e explorando realidades do poder que ainda são relevantes nos dias de hoje. O tema geral de suas peças era a importância de uma ordem política estável, mas também o alto preço moral e emocional que normalmente tem que ser pago para alcançá-lo. Essas peças históricas não serviam apenas como fonte de entretenimento, mas também como uma importante fonte de informação sobre o passado da nação.
Suas peças históricas são: Ricardo II, Henrique IV, Partes I e II, Henrique V, Henrique VI, Partes I, II e III, Ricardo III, Rei João, Henrique VIII.

Tragédias
As tragédias de Shakespeare representam seus maiores sucessos na dramaturgia. Elas apresentam um estudo profundo sobre a natureza humana.
Entre as maiores tragédias de Shakespeare estão: Romeu e Julieta, A Tempestade, Júlio César, Antônio e Cleópatra, Hamlet, Othello, Rei Lear e Macbeth. As tragédias Hamlet, Othello, Rei Lear e Macbeth tem um traço comum: a trama tem seu herói trágico (o personagem principal) e este herói tem uma falha trágica, uma característica que é levada ao extremo e que ocasiona a sua queda.

Conclusão
Shakespeare tinha um incrível conhecimento da natureza humana, explorado em seus personagens. Ele ilustrou e desenvolveu as motivações, os defeitos e o comportamento humano. Lendo suas peças, vemos elementos de nossa própria personalidade sendo retratados.
Shakespeare foi um poeta e dramaturgo brilhante. Suas contribuições para a literatura fazem dele um dos maires escritores de todos os tempos.

Fonte: www.10emtudo.com.br




              Mucamas do PCdoB
          PROSTITUIÇÃO NO PCdoB


sábado, 23 de fevereiro de 2013 0 comentários

Obá-Cultura Afro




OBÁ

Saudação: Obá Xirê.
Dia da Semana: 2° ou 4° feira.
Sincretismo: Joana D'arc ou Santa Catarina.
Elemento: Fogo.
Mineral: Cobre.
Algumas ervas de Obá: manjericão e mangueira.
Domínios: Águas Turbulentas.
Animal: Galinha de Angola.
Comida: Moqueca de ovos, manga, amalá.
Cores: Vermelho e branco ou amarelo e laranja.
Símbolos: Escudo e lança e um Ofá (arco e flecha).
Onde recebe Oferendas: A beira de um rio.
Comida para oferecer: Pato, cabra e coquem.
Particularidade: Assim como Xangô, também é uma justiceira.

ALGUNS ITÃS

Obá travou luta com Ogum, e ele sabendo da grande força da amazona belicosa, resolveu consultar Ifá (jogo de adivinhação), onde foi aconselhado a fazer uma mistura de espiga de milho e quiabo, jogando esta pasta no lugar marcado para a luta.
Chega o momento do combate e começam a brigar, Obá resiste até o ultimo momento, e não podendo mais se segurar, cai ao chão. Ogum para não se redimir e também não ser dado por vencido, mantém relações sexuais com ela ali mesmo, tornando-se assim seu cônjuge.
____________________________________________

Xangô, Orixá de grande virilidade tinha três esposas, Oxum, Oiá e Obá, sendo Obá a mais velha e menos interessante. Obá nunca se contentou em ver Oxum em toda sua vaidade e Oiá em toda sua jovialidade, armando-se dentro dela uma grande frustração, pois disputava com unhas e dentes o amor de Xangô.
Oxum da mesma forma queria ser sempre a primeira e única mulher de Xangô, tanto que prega uma peça em Obá.
Em certa ocasião, era vez de Oxum cozinhar para seu esposo, Oxum então enrola um pano em sua cabeça de forma que cobrisse as suas orelhas e no ensopado joga dois cogumelos parecidos com orelhas e diz a Obá que Xangô se apaixonaria cada vez mais por ela quando comesse as suas orelhas. Xangô chegou e deleitou-se com a comida e agradeceu a Oxum. Chegou a vez então de Obá cozinhar, ela realmente corta as suas orelhas e oferece a Xangô, que após experimentar e enojar-se pergunta a Obá o que era. Obá se explica e diz que foi Oxum que lhe ensinou a fórmula. Oxum presenciando tudo retira o pano da cabeça e cai na gargalhada. Obá não contém a sua fúria e ataca Oxum.
Xangô pra terminar aquela situação também se enfurece e lança raios, fazendo com que as duas fujam e se transformem em rios que levam os seus nomes. E dizem que, quando estes rios se encontram parecem realmente brigar. Em suas manifestações no candomblé, Obá vem com a mão direita encobrindo sua orelha. Onde estiver Obá, Oxum não se manifesta.

Textos extraídos do livro
"CARMA - AQUILO QUE DEIXAMOS DE FAZER"





              Mucamas do PCdoB
          PROSTITUIÇÃO NO PCdoB
sexta-feira, 22 de fevereiro de 2013 1 comentários

William Shakespeare


   
  
William Shakespeare

William Shakespeare nasceu aos 23 de abril de 1564 em Stratford-Avon, Inglaterra, e gozou de uma vida rica até os 12 anos. A partir de então, com a falência do pai, foi obrigado a trocar os estudos pelo trabalho árduo, passando a contribuir para o sustento da família. Guardava, entretanto, os conhecimentos adquiridos na escola elementar, na qual havia iniciado seus estudos de inglês, grego e latim. Além disso, continuou a ler autores clássicos, poemas, novelas e crônicas históricas.

Aos 18 anos casou-se com a rica Anna Hathaway, oito anos mais velha, com quem teve três filhos.
Não se sabe ao certo o motivo por que seguiu sozinho para Londres quando tinha 23 anos. Nessa cidade teve vários empregos, o mais significativo foi guardador de cavalos em um teatro. Algum tempo depois Shakespeare passou a copiar peças e representou alguns papeis. Mais tarde, virou sócio do teatro, depois de algum tempo tornou-se dono do lugar.
Atribui-se a William Shakespeare a autoria de 37 ou 38 peças, das quais destacam-se Antony e Cleópatra, Rei Lear, Hamlet, Otelo, A Tempestade, A comédia dos erros, A Megera domada, Macbeth etc.
Shakespeare é autor também dos seguintes poemas: Vênus e Adônis, 1593; O rapto de Lucrécia, 1594 e 154 sonetos, publicados em 1609, que expressam, entre outras coisas, agitação e frustração.
Shakespeare morreu em 23/4/1616, ao que se diz, das conseqüências de um banquete com Samuel Jhonson.

É impossível estabelecer as datas exatas das obras de Shakespeare, mas pode-se classificá-las em quatro grandes grupos, que representam os períodos de sua vida, da juventude à velhice: As obras do primeiro período são marcadas por sonhos juvenis e pelo espírito exuberante; O segundo período foi o das grandes crônicas e comédias românticas; Depressão e tristeza marcam terceiro período. O motivo de ou a desilusão que levou o dramaturgo a sentir-se deprimido durante essa fase da vida, não se sabe ao certo. No quarto período a tempestade abrigada no espírito de Shakespeare parece ter desvanecido.
Assim, o gênio William Shakespeare completa seu ciclo vida sem diminuir seu poder poético e com um retorno quase divino ao seu apogeu na literatura universal.

Fonte: www.mundocultural.com.br





                                                                  William Shakespeare

William Shakespeare (1564-1616), o mais famoso dramaturgo e poeta inglês de todos os tempos, compôs suas peças durante o reinado de Elizabeth I (1558-1603) e de James I, que a sucedeu. Casou-se em 1582 com Anne Hathaway, que tinha 26 anos e estava grávida. O casal teve uma filha, Susanna, e dois anos depois tiveram os gêmeos Hamnet e Judith. Por volta do ano de 1588, mudou-se para Londres e, em 1592, já fazia sucesso como ator e dramaturgo. Mas, eram suas poesias — e não suas peças — que eram aclamadas pelo público. Em virtude da peste, os teatros permaneceram fechados entre 1592 e 1594, impossibilitando seu contato com o público. Publicou dois poemas, "Vênus e Adônis", em 1593, e "O Rapto de Lucrécia", em 1594. Estes dois poemas e seus "Sonetos" (1609), que tornaram-se famosos por explorar todos os aspectos do amor, trouxeram-lhe reconhecimento como poeta. Escreveu mais de 38 peças, que estão divididas entre comédias, tragédias e peças históricas. Seus escritos são famosos até os dias de hoje, e suas atuações trouxeram-lhe riqueza (ele era sócio da companhia de teatro). Shakespeare não publicava suas peças, já que a dramaturgia não era bem paga. Na época, não havia direitos autorais. O autor pretendia que suas peças fossem representadas em vez de publicadas.
Com o dinheiro adquirido na companhia teatral, comprou uma casa em Stratford-upon-Avon e muitas outras propriedades, tais como hectares de terras férteis e uma casa em Londres. Escreveu a maioria de suas peças entre 1590 e 1611. Por volta de 1611, ele aposentou-se em Stratford-upon-Avon, onde havia estabelecido sua família.
Shakespeare morreu em 23 de abril de 1616, no mesmo mês e dia tradicionalmente atribuídos como sendo
 de seu nascimento.

Fonte:http://www.releituras.com/




              Mucamas do PCdoB
          PROSTITUIÇÃO NO PCdoB


quinta-feira, 21 de fevereiro de 2013 1 comentários

SALMO 37



1 Não se aborreça por causa dos homens maus e não tenha inveja dos perversos;

2 pois como o capim logo secarão, como a relva verde logo murcharão.

3 Confie no Senhor e faça o bem; assim você habitará na terra e desfrutará segurança.

4 Deleite-se no Senhor, e ele atenderá aos desejos do seu coração.

5 Entregue o seu caminho ao Senhor; confie nele, e ele agirá:

6 ele deixará claro como a alvorada que você é justo, e como o sol do meio-dia que você é inocente.

7 Descanse no Senhor e aguarde por ele com paciência; não se aborreça com o sucesso dos outros nem com aqueles que maquinam o mal.

8 Evite a ira e rejeite a fúria; não se irrite: isso só leva ao mal.

9 Pois os maus serão eliminados, mas os que esperam no Senhor receberão a terra por herança.

10 Um pouco de tempo, e os ímpios não mais existirão; por mais que você os procure, não serão encontrados.

11 Mas os humildes receberão a terra por herança e desfrutarão pleno bem-estar.

12 Os ímpios tramam contra os justos e rosnam contra eles;

13 o Senhor, porém, ri dos ímpios, pois sabe que o dia deles está chegando.

14 Os ímpios desembainham a espada e preparam o arco para abater o necessitado e o pobre, para matar os que andam na retidão.

15 Mas as suas espadas irão atravessar-lhes o coração, e os seus arcos serão quebrados.

16 Melhor é o pouco do justo do que a riqueza de muitos ímpios;

17 pois o braço forte dos ímpios será quebrado, mas o Senhor sustém os justos.

18 O Senhor cuida da vida dos íntegros, e a herança deles permanecerá para sempre.

19 Em tempos de adversidade não ficarão decepcionados; em dias de fome desfrutarão fartura.

20 Mas os ímpios perecerão; os inimigos do Senhor murcharão como a beleza dos campos; desvanecerão como fumaça.

21 Os ímpios tomam emprestado e não devolvem, mas os justos dão com generosidade;

22 aqueles que o Senhor abençoa receberão a terra por herança, mas os que ele amaldiçoa serão eliminados.

23 O Senhor firma os passos de um homem, quando a conduta deste o agrada;

24 ainda que tropece, não cairá, pois o Senhor o toma pela mão.

25 Já fui jovem e agora sou velho, mas nunca vi o justo desamparado nem seus filhos mendigando o pão.

26 Ele é sempre generoso e empresta com boa vontade; seus filhos serão abençoados.

27 Desvie-se do mal e faça o bem; e você terá sempre onde morar.

28 Pois o Senhor ama quem pratica a justiça, e não abandonará os seus fiéis. Para sempre serão protegidos, mas a descendência dos ímpios será eliminada;

29 os justos herdarão a terra e nela habitarão para sempre.

30 A boca do justo profere sabedoria, e a sua língua fala conforme a justiça.

31 Ele traz no coração a lei do seu Deus; nunca pisará em falso.

32 O ímpio fica à espreita do justo, querendo matá-lo;

33 mas o Senhor não o deixará cair em suas mãos nem permitirá que o condenem quando julgado.

34 Espere no Senhor e siga a sua vontade. Ele o exaltará, dando-lhe a terra por herança; quando os ímpios forem eliminados, você o verá.

35 Vi um homem ímpio e cruel florescendo como frondosa árvore nativa,

36 mas logo desapareceu e não mais existia; embora eu o procurasse, não pôde ser encontrado.

37 Considere o íntegro, observe o justo; há futuro para o homem de paz.

38 Mas todos os rebeldes serão destruídos; futuro para os ímpios nunca haverá.

39 Do Senhor vem a salvação dos justos; ele é a sua fortaleza na hora da adversidade.

40 O Senhor os ajuda e os livra; ele os livra dos ímpios e os salva, porque nele se refugiam.




              Mucamas do PCdoB

          PROSTITUIÇÃO NO PCdoB
0 comentários

SENHORAS E SENHORES: Beto Guedes


Beto Guedes
De Montes Claros, Minas Gerais, para o Mundo
[1951]
 Beto Guedes. Aniversário de um ano
de vida.


"Quando entrar setembro/ e a boa nova andar nos campos/
quero ver brotar o perdão/ onde a gente plantou/ juntos outra vez.

Já choramos muito/ muitos se perderam no caminho/ a lição/ sabemos de cor/ só nos resta aprender".

(Beto Guedes e Ronaldo Bastos)


Beto Guedes não nasceu em setembro, nasceu em agosto, exatamente no dia 13, do ano 1951.

Tantas canções, tantos chorões herdados de seu pai, tantos e tantos compositores amigos, letristas, a falar aqui de Ronaldo Bastos e Fernando Brant, primeiro parceiro amigo na composição de Feira Moderna, música classificada para V Festival Internacional da Canção. Não venceu com sua música, mas , ela, a música, venceu os anos por vir, sendo executada até os dias de hoje nas rádios, na voz do próprio Beto Guedes, com o arranjo original e por vários músicos e cantores da atualidade. Sua vida musical, o grupo (posso dizer assim) Som Imaginário, que na verdade, era um grupo de músicos, que encontravam, compunham e tocavam pra valer, tendo também como integrante, o saudoso Zé Rodrigues, o som perfeito de Nivaldo Ornellas, Wagner Tiso, amigos que hoje fazem parte do Grupo de pop rock "Roupa Nova", mais quem ia vindo para se juntar ao Som Imaginário. Eram uma família de idéias e sonhos.
                                                A Página do Relâmpago  Elétrico
                                                             O primeiro LP.


"Abre a folha do livro/ que eu lhe dou para guardar/ e desato o nó dos cinco sentidos/ para se soltar"

Assim começa a letra da faixa 1, do LP "A Página do Relâmpago Elétrico". Título e letra completamente inusitadas para época de 70, em pleno regime militar, apesar de Beto Guedes nunca ter escrito uma música que falasse diretamente ao regime, à ditadura, mas, nas entrelinhas, estava a folha do livro aberta para pessoas, gente, habitantes brasileiros com um pouquinho de inteligência de percepção. Soltar os sentidos nada mais é que, liberte-se primeiro dentro de si, logo em seguida, junto de seus amigos pensantes (Fernando Brant, por exemplo), para depois cantar aos quatro ventos sem que a burrice comandada viesse calar-te.

Filho de pai "Chorão", criado entre as músicas de prazer sem fim, Beto Guedes não quis apenas ficar em sua terra natal. Necessitava de mais, clamava em seu íntimo por mais, sem deixar de lembrar sempre, em toda a sua carreira, o berço responsável para sair e casa e vir para a capital mineira, Belo Horizonte, longe ainda de seus ideais; o eixo Rio / São Paulo, onde tudo acontecia.
















Porém, fez morada em Belo Horizonte, nos apartamentos do Edifício Maleta, conjunto habitacional no centro da capital mineira, que, por sorte de muitos viajantes do tempo, havia ali, na época, e, ainda há, a famosa "Cantina do Lucas", no térreo do famoso edifício, onde, intelectuais, poetas, sociólogos, músicos, compositores, escritores, elite, instrumentistas, malucos beleza de todos os cantos, se encontravam para descobrir o novo e fazer do novo, uma atitude, um projeto-sonho, verdadeiro de vida para cada um, sem exceções. Ninguém estava ali , como também o crunner Milton Nascimento, Nivaklo Ornelas, Lô Borges, Noveli, Ronaldo Bastos, Toninho Horta, Zé Rodriguez, Fernando Brant, Márcio Borges, Vermelho, Flávio,  toda uma turma de malucos do bem, somente pelo fato de encontrar alguém, e , sim, encontrar o caminho, a poesia, a música de acordes mirabolantes com sentido melódico perfeito, que acabaria virando o famoso Clube da Esquina, de todos, porém, não na cantina do amável Lucas, mas nas esquinas de tantas ruas de Belo Horizonte, Montes Claros meu segredo, Minas Gerais, meu Amor de Índio.

                                         Diante das câmeras. Minas, Rio de Janeiro e São Paulo.
                                                                       A consagração

Há canções e há momentos. Beto Guedes soma os, e, as em um nota só para o mundo das canções de amor, das canções de repensar, das canções de outrora, numa casinha de palha, naquela feira moderna, nos contos da lua vaga e porque não no Sal da Terra.

O LP - Beto Guedes - Sol de Primavera, fez de Beto Guedes e de todos que ouviram todas as suas canções até então, uma coisa só: Eis aí, eis aqui, Beto Guedes, admirado, respeitado, criticado pela sua voz única (faço saber que ele canta o que ele compõe) de bebé chorão, como chegou a declarar uma revista de grande circulação no país, a Veja: "O Bebé chorão que deu certo" , já falando deste LP, o Sol de Primavera.
Poucos (na revista veja, por exemplo) esquecem quando o cantor e compositor, coloca em sua música, verdades em forma de belas melodias, como a Canção do Novo Mundo que diz, para o mundo ouvir, como pode um simples canalha mata o rei em menos de um segundo.  Outra faceta nas canções de Beto Guedes, posso citar sua tristeza de saber, de ver, que em "agora eu sou uma estrela", na voz de Elis Regina, partir tão cedo, escrevendo em sua canção No Céu com Diamantes a frase dedicada dói, de tanto medir a distância, saber que não vou te tocar, além da lembrança...Te conhecer, foi saber o melhor...virou a nossa estrela no céu...voz de tal firmamento.










Beto Guedes hoje.

O menino de Montes Claros, filho de Godofredo Guedes, músico e compositor "chorão e seresteiro", veio para ganhar o mundo. Gravou com Zizi Posse, Milton Nascimento, Boca Livre, 14 Bis, MPB4, Paula Toller, Kid Abelha, Zé Renato, Tavinho Moura, Roupa Nova, isso, para citar alguns, da mesma maneira que os mesmos citados, gravaram Beto Guedes.

Todos fizeram de Beto Guedes, um amor de índio, onde tudo que move é sagrado e remove as montanhas com todo cuidado, meu amor. A "massa" que faz o pão, faz a luz do teu suor. E todos soaram as canções de Beto Guedes.

FONTE:  Marcelo Ponteio-http://www.marceloponteio.com.br/
*Fotos: Google.




              Mucamas do PCdoB
          PROSTITUIÇÃO NO PCdoB
 
;