2c6833b0-77e9-4a38-a9e6-8875b1bef33d diHITT - Notícias Sou Maluca Sim!: Outubro 2012
quarta-feira, 31 de outubro de 2012 0 comentários

Pare de se exigir tanto. Pessoas ambiciosas não se saem tão bem quanto você imagina.

Por: Cassie Murdoch

Você é do tipo que costuma acordar no meio da noite e conversar mentalmente com você mesma(o) se perguntando se todo o seu esforço para ser bem-sucedido profissionalmente vale tanto a pena assim? Bom, então aqui vai uma boa notícia: não vale. Um novo estudo revela que pessoas ambiciosas não se saem tão bem assim no fim das contas. Elas obviamente estudam nas melhores escolas e universidades, e têm carreiras bem-sucedidas, mas têm níveis baixos de satisfação, além de morrerem mais cedo. Ufa, agora os menos ambiciosos podem se consolar com o fato de que vão acabar numa situação melhor do que aqueles “mui amigos” que perseguem o sucesso a qualquer custo, com o Blackberry sempre em mãos.
Quem foi o gênio que nos presenteou com tão sábia conclusão? Seu nome é Timothy Judge, e ele é professor de Administração no Mendoza College of Business da University of Notre Dame. Em seu artigo, intitulado Sobre o valor das grandes metas: as causas e consequências da ambição (On the value of aiming high: The causes and consequences of ambition), que está para ser publicado pelo Journal of applied psychology, ele nos dá uma ideia melhor de quais são as consequências – tanto positivas quanto negativas – de se ter ambição. Ele revela que a ambição é, de fato, uma característica estranha. Ela não é algo que tem um valor claro e absoluto como, por exemplo, a paciência, mas sim é vista como virtude e vício ao mesmo tempo.

Para estabelecer como esse complicado conceito de ambição nos afeta, o prof. Judge acompanhou 717 sujeitos “altamente talentosos” por um período de setenta anos. Uma vez que as vidas deles mudaram drasticamente desde a infância até a maturidade, ele usou diversos critérios para mensurar a ambição. Muitos participantes do estudo estudaram em excelentes instituições, como Harvard e Yale, mas outros só chegaram a terminar o ensino médio ou cursos universitários de curta duração. O prof. Judge descobriu que, ao fim e ao cabo, a ambição realmente nos move a chegar cada vez mais longe.

Diz ele: “Crianças ambiciosas tinham notas mais altas na escola, e depois entravam em universidades de renome, tinham empregos cobiçados e ganhavam melhor. Assim, parece que eles tinham tudo para sentirem-se plenos”.

É nisso que somos treinados a acreditar, e é assim que provavelmente vamos orientar nossos filhos e netos: se você ralar muito e se sair bem na escola, vai conseguir tudo o que sempre sonhou. Na verdade, a coisa não é bem assim. O professor explica porquê: “Nós determinamos que a ambição tem pouca importância sobre a satisfação que um sujeito tem com a sua vida, e um impacto levemente negativo sobre a longevidade (quantos anos se vive). Desta forma, a conclusão é que as pessoas ambiciosas têm carreiras de maior sucesso, mas isso não se traduz numa vida mais feliz ou saudável”.

Ahá! Devagar se vai ao longe, então. Se a coisa mais importante é sentir-se satisfeito com a própria vida, além de viver pelo maior número de anos possível (desde que dê para aproveitar o que se tem), então por que desperdiçar tanta energia com a ambição? Você pode simplesmente relaxar, se deixar levar e acabar tão bem ou até melhor do que se ficar se estressando o tempo todo com ser bem-sucedido em tudo o que faz.

É claro que a ambição não é sempre uma escolha. Para algumas pessoas, seguir a própria ambição é a única maneira possível de aproveitar a vida. No entanto, para aqueles que não são nem obcecados com o sucesso e nem completos encostados, Deus criou a ioga, as redes sociais, o Twitter, o vinho e um monte de outras coisas que os ajudam a viver o agora e matar o tempo que seria desperdiçado com o trabalho e a busca pelo sucesso. Quando essas pessoas olharem para trás, terão a satisfação de ver os tweets que escreveram, as garrafas de vinho que esvaziaram e a paz que vem com o que de fato realizaram. Enquanto isso, o tonto que tem uma empresa de tecnologia que vale zilhões de dólares e um escritório com vista privilegiada vai ser forçado a contemplar toda a riqueza que acumulou e procurar nela um conforto vazio.

Tradução: Patricia Fincatti


terça-feira, 30 de outubro de 2012 0 comentários

RESPEITO


Eu tinha 13 anos, em Fortaleza, quando ouvi gritos de pavor. 
Vinha da vizinhança, Bete, mocinha linda, que usava tranças.

Levei apenas uma hora para saber o motivo.
Bete fora acusada de não ser mais virgem e os dois irmãos a subjugavam em cima de sua estreita cama de solteira, para que o medico da família lhe enfiasse a mão enluvada entre as pernas e decretasse se tinha ou não o selo da honra.
Como o lacre continuava lá, os pais respiraram, mas a Bete nunca mais foi a mesma, nunca mais dançou nos bailes e acabou fugindo para o Piauí, ninguém sabe como, nem com quem.

Eu tinha apenas 14 anos, quando Maria Lúcia tentou escapar, saltando o muro alto do quintal da sua casa para se encontrar com o namorado.
Agarrada pelos cabelos e dominada, não conseguiu passar no exame ginecológico.
O laudo medico registrou vestígios himenais dilacerados, e os pais internaram a pecadora no reformatório Bom Pastor, para se esquecer do mundo.

Realmente esqueceu, morrendo tuberculosa.

Estes episódios marcaram para sempre a minha consciência e me fizeram perguntar que poder é esse que a família e os homens tem sobre o corpo das mulheres.
Ontem, para mutilar, amordaçar, silenciar.
Hoje, para manipular, moldar, escravizar aos estereótipos. Todos vimos, na televisão, modelos torturados por seguidas cirurgias plásticas.

Transformaram seus seios em alegorias para entrar na moda da peitaria robusta das norte-americanas.
Entupiram as nádegas de silicone para se tornarem rebolativas e sensuais, garantindo bom sucesso nas passarelas do samba.

Substituíram os narizes, desviaram costas, mudaram o traçado do dorso para se adaptarem à moda do momento e ficarem irresistíveis diante dos homens.
E, com isso, Barbies de fancaria, provocaram em muitas outras mulheres as baixinhas, as gordas, as de óculos - um sentimento de perda de auto-estima.

Isso exatamente no momento em que a maioria de estudantes universitários (56%) é composta de moças. Em que mulheres se afirmam na magistratura, na pesquisa cientifica, na política, no jornalismo.

E no momento em que as pioneiras do feminismo passam a defender a teoria de que é preciso feminilizar o mundo e torna-lo mais distante da barbárie mercantilista e mais próximo do humanismo.

Por mim, acho que só as mulheres podem desarmar a sociedade. Até porque elas são armadas pela própria natureza. Nascem sem pênis, sem o poder fálico da penetração e do estupro, tão bem representado por pistolas, revolveres, flechas, espadas e punhais.

Ninguém diz, de uma mulher, que ela é de espadas. Ninguém lhe dá, na primeira infância, um fuzil de plastico, como fazem com os meninos, para fortalecer sua virilidade e violência.

As mulheres detestam o sangue, até mesmo porque, tem que derrama-lo na menstruação ou no parto. Odeiam as guerras, os exércitos regulares ou as gangues urbanas, porque lhes tiram os filhos de sua convivência e os colocam na marginalidade, na insegurança e na violência.

É preciso voltar os olhos para a população feminina como a grande articuladora da paz. E para começar, queremos pregar o respeito ao corpo da mulher.
Respeito às suas pernas que tem varizes porque carregam latas d'água e trouxas de roupa. Respeito aos seus seios que perderam a firmeza porque amamentaram seus filhos ao longo dos anos. Respeito ao seu dorso que engrossou, porque elas carregam o País nas costas.

São as mulheres que imporão um adeus às armas, quando forem ouvidas e valorizadas e puderem fazer prevalecer a ternura de suas mentes e a doçura de seus corações.

Nem toda feiticeira é corcunda, nem toda brasileira é bunda. E meu peito não é de silicone; mas sou mais macho que muito homem.
segunda-feira, 29 de outubro de 2012 0 comentários

LARICA


João me contou pedindo aconselhamento:
- Eu tenho um “amigo” que não é bem assim rico, mas é estabilizado. Classe média. Ele está mantendo um relacionamento com uma mulher moradora de comunidade. Ele é viciado, precisa de drogas e essa moça muitas vezes acaba pegando a droga para ele e até mesmo fazendo os pagamentos das dividas. Ela desenrola com os caras.
O problema é que ele está dando uma ajuda de custo para essa mulher e a família do meu “amigo” acabou descobrindo. Então como ele não se afasta dela a família dele está falando em dar um jeito de matar a moça. Como ela é de comunidade não vai ter ninguém que corra atrás do prejuízo.
 - Matar a mulher como assim? Seu “amigo” vai para a favela, arruma uma namorada, enche a cara de drogar e para resolver o problema a família mata a moça?Já que é para resolver o problema  então seria melhor mandar matar o seu amigo, você não acha?
Ah, o homem ficou mais branco do que já é. E disse gritando: Meu amigo nem gosta mais dessa mulher, mas não se afasta porque está a ajudando.
João e suas aventuras. Ninguém merece!

João solta na Praça Saens Peña, então anda até a frente do mercado Mundial, ali faz sinal para o taxi. Seu destino a comunidade do Fallet.
Pede para o taxista o esperar. Acelera o paço até a boca de fumo.  Alucinado pela droga vai para casa onde passará mais uma madrugada sofrendo de insônia. Muitas vezes pela manhã no apartamento na Tijuca, a cocaína é substituída por maconha. É de onde vem a fome popularmente conhecida como larica.
A droga influencia diretamente não só no comportamento como na alimentação. Consome-se cocaína fica sem apetite, se consome maconha (segundo João para amenizar os efeitos da cocaína) sente muita fome.
Bem , como vocês devem saber a Comunidade do  Fallet sofreu ocupação policial (UPP) o que acredito ter feito o nosso amigo procurar outro lugar para saciar seu vicio. Outra coisa, não quero ser injusta, o João depois de ter quase morrido algumas vezes e chegando ao descontrole da agressão está se esforçando para ao menos diminuir o uso das drogas. Deixando até mesmo de consumir bebidas alcoólicas na tentativa de evitar os descontroles que acabam no uso de cocaína.
Éh,João apesar de você ser fraco e mau caráter, mesmo depois de todo mal que ocasionou propositadamente a muitos do que te cerca sem qualquer piedade, ainda que por pressão de sua família espero que você consiga se livrar desse vicio maldito. E quem sabe você até consiga engordar um pouquinho mesmo estando doente.


sexta-feira, 26 de outubro de 2012 0 comentários

A PRIMEIRA VEZ DE JOÃO!


O primo já não aguentava mais aquela situação, 18 anos e ainda virgem, então, decidiu levá-lo a o antigo Piranhão. Lugar onde hoje se localiza o prédio sede da prefeitura da cidade do Rio de Janeiro, o qual deu
origem a conhecida Vila Mimosa maior mercado destinado a pratica de sexo do mundo.

Chegando lá tudo ocorreu como costuma acontecer nesses lugares. Cada um escolhe uma mulher no preço que de para pagar e partem para os FINALMENTES.
 A mulher escolhida estava mais para gorda do que para gostosa e tinha idade para ser a mãe dele. Porém a criança saiu da minúscula cabine com um sorriso de orelha a orelha. Agora enfim sitiasse homem. Os amigos o cercaram querendo saber como o ato sexual havia ocorrido, porém, como sempre tem um fanfarrão para fazer alguma graça, um dos rapazes disse:

João,você ainda está com pentelhos na boca.

Era só uma brincadeira, mas ele acreditou e ficou procurando onde estaria o maldito pelo. Todos pararam e ficaram o encarando. Ele ali abobalhado sem nada entender.

- Caramba cara! É verdade mesmos? Não acredito,você caiu de boca em uma prostituta?

Sim, era verdade. Afoito com a oportunidade da primeira relação sexual João resolveu por suas fantasias em prática, entre elas, fazer sexo oral em uma mulher, representada nessa ocasião por uma garota de programa.
Ninguém fez qualquer questão de esconder o nojo, mas era tarde para explicar-lhe que uma prostituta se deita com diversos homens em uma mesma noite e cair de boca é muito nojento. Falta de higiene. Isso era demais mesmo para os mais liberais, principalmente quando a mulher em questão dizia  atender  uma média de 10 homens por dia. O que restava era torcer para João ter sido o primeiro da noite.

Passando algum tempo da sua primeira experiência sexual, já que “meinha” com os amiguinhos não conta, começou a sentir uma coceira incontrolável na região pélvica. Banho não resolvia e por mais que coçasse a coceira não passava. Quem o socorreu mais uma vez foi o primo que lhe disse entre gargalhadas e chacotas:

- Cara você pegou chatos. Você está fudi** vai ter que raspar tudo!
Não aguentando a zombaria quis chorar, mas sabia que se fizesse isso na frente do primo tudo ficaria ainda pior. Controlou as lagrimas que teimavam em querer soltar dos olhos.
Depois disso teve uma revelação quase profética sobre o seu próprio futuro. Olhando para o vasculhaste avistou o talco para cachorro.  Aquele usado como anti-pulgas. Desesperado dada a insuportável coceira incessante, despejou o pó tóxico na região intima. No dia seguinte lá estavam os inúmeros cadáveres sendo retirados aos poucos com pente fino.

E assim meus amigos tive inicio vida sexual de João com as  mulheres: somente aos 18 anos, com uma prostituta do antigo Piranhão, levando de recordação do mágico momento: PENTELHOS NA BOCA E CHATOS NOS PENTELHOS.
terça-feira, 23 de outubro de 2012 0 comentários

Coca-cola segue usando níveis altos de corante cancerígeno, diz instituto


Centro americano de defesa do consumidor diz que amostras da bebida recolhidas em 9 países (entre eles o Brasil) mostraram “quantidades alarmantes” da substância 4-MI
Brad Dorfman

A Coca-Cola vendida em vários países, inclusive no Brasil, continua apresentando níveis elevados de uma substância química associada a casos de câncer em animais, e que já foi praticamente eliminada na versão do refrigerante comercializada na Califórnia, disse na terça-feira (26) o Centro para a Ciência no Interesse Público, com sede nos EUA.

A entidade disse que amostras da Coca-Cola recolhidas em nove países mostraram “quantidades alarmantes” da substância 4-metilimidazole, ou 4-MI, que entra na composição do corante caramelo. Níveis elevados dessa substância foram relacionados ao câncer em animais.

Em março, a Coca-Cola e sua rival  PepsiCo anunciaram ter pedido aos fornecedores do corante para que alterassem seu processo industrial, de modo a atender a uma regra aprovada em plebiscito na Califórnia para limitar a exposição de consumidores a substâncias tóxicas.

A Coca-Cola disse na ocasião que iniciaria a mudança pela Califórnia, mas que com o tempo ampliaria o uso do corante caramelo com teor reduzido de 4-MI. A empresa não citou prazos para isso.

Na terça-feira, a Coca-Cola repetiu que o corante usado em todos os seus produtos é seguro, e que só solicitou a alteração aos fornecedores para se adequar às regras de rotulagem da Califórnia.

Segundo o CCIP, amostras da Califórnia examinadas recentemente mostravam apenas 4 microgramas de 4-MI por lata da bebida. A Califórnia agora exige um alerta no rótulo de um alimento ou bebida se houver a chance de o consumidor ingerir mais de 30 microgramas por dia.

Nas amostras brasileiras, havia 267 microgramas de 4-MI por lata. Foram registrados 177 microgramas na Coca-Cola do Quênia, e 145 microgramas em amostras adquiridas em Washington.

“Agora que sabemos que é possível eliminar quase totalmente essa substância carcinogênica das colas, não há desculpa para que a Coca-Cola e outras empresas não façam isso no mundo todo, e não só na Califórnia”, disse em nota Michael Jacobson, diretor-executivo do CCIP.

A FDA (agência de fiscalização de alimentos e remédios dos EUA) está avaliando uma solicitação do CCIP para proibir o processo que cria níveis elevados de 4-MI, mas disse que não há razão para crer em riscos imediatos aos consumidores.

Neste ano, um porta-voz da FDA disse que uma pessoa teria de consumir “bem mais de mil latas de refrigerante por dia para atingir as doses administradas nos estudos que demonstraram ligações com o câncer em roedores”.

A Coca-Cola disse na terça-feira que continua desenvolvendo a logística para adotar o novo corante caramelo.

“Pretendemos ampliar o uso do caramelo modificado globalmente, para nos permitir agilizar e simplificar nossa cadeia de fornecimento e os sistemas de fabricação e distribuição”, disse a empresa em nota.

Uma porta-voz não quis comentar os custos dessa mudança.

Fonte: Reuters
sexta-feira, 5 de outubro de 2012 0 comentários

A DIFÍCIL ARTE DE SER HONESTO NO PAÍS DOS ESPERTOS.


Ao que tudo indica, tentar ser honesto é ser um incomodo antes de tudo. Porque você acaba dificultando a vida dos outros. Me refiro a princípios bem básicos da convivência diária entre amigos.
Se você for honesto e quiser ir a um Festival ou a uma peça de teatro que custa 300 reais e não tem uma carteira de estudante falsificada e nem a grana toda para bancar a diversão, ponto, já começarão seus problemas. O que fazer?

Tem um amigo que consegue pra ti a carteira para pagar meia. Tem o que vai dizer "que se foda, os empresários estão colocando o preço nesse valor para que quem pague meia pague o valor real então você não estará prejudicando ninguém" e se você for honesto vai dizer - "Considerando que os preços são injustos porque todos os envolvidos tem interesses desonestos, se eu fizer isso estarei compactuando com esse equívoco". Ou você vai perder a diversão ou terá de se virar para pagar o valor total. Serás o chato. O Estorvo o Falso Moralista.

O mesmo acontece quando você pega a estrada em direção ao litoral e a estrada é uma porcaria, não comporta todos os carros. Começa um engarrafamento enorme e pronto, os espertos decidem que não vão fazer papel de otário e começam a ultrapassar pelo acostamento. Seus amigos irritados com o trânsito parado dizem: "Pega o acostamento e vamos nessa!!! Tá todo mundo indo por ali, conseguiremos chegar mais rápido". Então se você for honesto criará mais um problema - " O acostamento não é lugar de transitar, estamos nesse engarrafamento e com tudo parado porque provavelmente lá na frente onde os carros devem voltar a pista normal esses atravessadores estão tumultuando tudo. O acostamento é para quem precisa parar o carro e não para transitar cortando o fluxo".
Vão ficar puto com você e provavelmente nunca mais escolherão sua carona. Você é o Mala, o Trouxa que atrasou a viagem de todo mundo.

E quando estás na escola e tem um esperto que não prestou atenção na aula, não estudou, e fica te pedindo cola? Fica te pedindo ajuda no meio da prova, sabendo que pode te prejudicar. E você nega a cola porque está concentrado e tem receio de que possa ser flagrado passando cola, mas principalmente porque não acha correto o ditado "Quem não cola não sai da Escola" porque seu pai lhe ensinou que a escola é o lugar onde você vai para tentar aprender algo e que depois isso será útil para te levar a faculdade e na faculdade se você quiser ser um profissional com conhecimento da sua profissão precisará prestar atenção nas aulas e estudar. Imagine um médico pedindo cola no meio da cirurgia, ou um engenheiro colando para construir um pilar de um prédio?
Seu amigo de classe vai espalhar pra todo mundo que você é um babaca e que não quis ajudá-lo na prova.

Pois estes são pequenos exemplos do dia dia que podem lhe tornar um mala sem alça, o pentelho, a companhia desnecessária. Pois o Brasil é um país feito e construído para os espertos. Um país onde o que vale não é o bom funcionamento de um sistema para todos, mas o bom funcionamento do sistema para aquele que pode se dar bem.

Por isso tantas burocracias para documentações, por exemplo. O que você precisa para tirar uma certidão para sua empresa ou um documento para resolver qualquer pendenga que apareça tem dois caminhos: O normal... que vai lhe custar horas e mais horas de filas e despachantes e o diabo a quatro ou o da "Cervejinha" para que ele saia até no mesmo dia. Qual caminho você escolherá?
Dependerá da necessidade a qual está disposta sua condição. E em algum momento vão lhe jogar para o lado dos espertos, porque esse é o normal, o certo, o viável. Mesmo sendo o equivocado, o prejudicial e o burro.

Por último uma das questões mais delicadas. Os impostos. Pagamos milhares de impostos e não temos os serviços públicos e a parte do Estado funcionando a nosso favor. e você deixa de pagar é sonegador e para sonegador não há trégua - O GOVERNO ESTÁ DE OLHO - a menos que você tenha um Caixa 2 para resolver eventuais problemas com as autoridades. Ou seja... a corrupção está entranhada em nossa sociedade de tal forma que já faz parte dos seus batimentos cardíacos como se fosse um gene seu ao qual mais cedo ou mais tarde terás de ceder.
O que você faz?

Enfim, se é difícil ser honesto e não ser taxado de chato, babaca, falso moralista, e tantos outros adjetivos no cotidiano, IMAGINA para quem quer ser honesto e mudar algo DENTRO DO NINHO DOS RATOS. Imagine para um político sério a dificuldade que não é conviver e atuar ao lado de um monte de outros políticos que vieram do povo e tem a linha de raciocínio que conduz a mentalidade popular, lidando com milhões de reais, regalias e influências que lhes alçam a condição de detentores das ESCOLHAS que possam ajudar a quem possa ajudá-los.

Entra a figura do "Rouba mas FAZ" que no fim das contas é aquele amigo que tira a parte dele - que NÃO DEVERIA SER DELE - mas faz o que deveria ser sua OBRIGAÇÃO.

O "Rouba mas FAZ" é o mesmo que passa cola, que ultrapassa pelo acostamento, que tem carteirinha falsificada para pagar meia. Porque ele está sempre colaborando com os "amigos" e realizando o que precisa para O MOMENTO.

Dessa forma fica complicado pensar no BRASIL sobre o conceito de HONESTIDADE. Porque quando criaram o conceito de honestidade provavelmente não pensaram na quantidade de variáveis que iriam ATRASAR a vida de um cidadão honesto.
Então a conclusão é a seguinte:

Em algum momento você precisará ser desonesto para livrar-te de algo que lhe prenderá pelo caminho e quando isso acontece você perde a moral para questionar os outros desonestos e ASSIM perdura-se A MENTALIDADE que rege o país.

Será que é possível ser totalmente honesto?
HONESTAMENTE... acho que não.
Mas é possível tentar ser o máximo que der e resistir onde for mais importante.

Pense sobre isso.

Ah se a criatividade que temos para o Jeitinho Brasileiro fosse usada em prol apenas do nosso crescimento social.


Links indicados: Um apelo à ética
quinta-feira, 4 de outubro de 2012 1 comentários

PCdoB ELITISTA E RACISTA



O PCdoB é um partido elitista e racista. É quando se precisa de coisas minimas como uma cesta básica que se fica sabendo o que é de fato o partido Comunista do Brasil.

A única coisa que pedi desse Partido Corrupto de Bosta mesmo diante de todos os absurdos, preconceitos e humilhações que sofri por ser negra e pobre, foi uma retratação dos Senhores João Carlos de Carvalho
 e Carlos Anjos Estrela (charuto). Agora porque não o fazem? Acaso estou ameaçando a posição privilegiada de algum darwinista social?

A resposta é: o PCdoB não nos respeita, trata-nos como lixo humano  e depois ainda faz propaganda na TV pedindo o nosso voto.


Não pedi dinheiro, não pedi cargo. E por fim nem mesmo o valor da divida que o João Carlos tem comigo.

Como alguns alienados tentam justificar a ausência de ações contra o preconceito e racismo que ocorre nesse partido. Pedi apenas uma retratação desses senhores. 

Só para lembrar: quando O dirigente João Carlos de Carvalho me ofereceu cargo na CEPERJ, isso ainda no ano de 2009 eu não aceite. mas mesmo diante da minha negativa o PCdoB continuou ou ainda contínua  usando o meu nome para lavagem de dinheiro, sendo que a otária aqui por ter escrúpulos se negou a receber qualquer quantia dessa mamata a qual o senhor Jorge Barreto dirigente geral da CEPERJ e amigo pessoal do João Carlos de Carvalho está muito consciente. Não sendo o bastante ainda fui assediada sexualmente pelo Carlos Anjos Estrela (Charuto). 


Pois agora não só o João Carlos e o Estrela têm de se retratar, mas todo esse partido de bosta que humilha as mulheres, os negros , os pobres. E as desculpas não tem de ser apenas para mim, mas para todo o povo brasileiro que vêm sendo a anos usurpado por esses abutres.





Links indicados: Mucamas do PCdoB







quarta-feira, 3 de outubro de 2012 0 comentários

CRUZEI UMA DOIDA


Cruzei uma doida,
investi até o sol comê
Não consigo mais parar sou viciado em
come, comer, comê!
Mulher tu que é doida, vem cá que eu faço a boa em
você
É chapa doida preta cara, é chapa rara tá na cara
Que ela quer me dar, se ela quer dar eu meto sol, eu traço tudo
vou com ela lá pro fundo
Eu vou comê, comê, comê!
Ô velha chata sai prá lá!
Skate na veia dos irmãos...
Traga todo mundo que encontrar,
foda-se se a velha reclamar
Além do que essa zorra é toa
Têm um montão de xota boa
velha chata sai prá lá!
Eu vou cruzar uma doida,
eu vou investir até o pau comê...
Não consigo mais parar sou viciado em
come, comer, comê!
Mulher tu que é doida, vem cá que eu faço a boa em
você


Não me diga o que fazer
Não me diga o que falar
Não me diga quem comer
Ô velha chata sai prá lá!

Sai pra lá velha chata,
aqui ninguém quer te comer
se você chamar a polícia
quem vai presa é você!
Go, go, go...
Go, go, go...
Go, go, go...
Go, go...

Sai pra lá velha chata,
aqui ninguém quer te comer
se você chamar a polícia
quem vai presa é você
Go, go, go...
Go, go, go...
Go, go, go...
Gooooooo...

(Charlie Brown Jr)



0 comentários

PELANCA DE VELHO NÃO É CHICLETE DE BOLA!

Algumas vezes é preciso descer o nível das palavras para poder se fazer entender.

Senhora Paulinha Avent (fake), ou Paulete....

Na beira do abismo você está usando o partido (PCdoB) como escudo quando a verdade é que estás agindo como uma mulher mal amada desde o início.Que tipo de mulher é você que fica se escondendo atrás de Email falso e faz perguntas que já foram respondidas?

Devo te lembrar:
Não pedi sua ajuda ou tão pouco a conheço. Apresente-se como uma mulher de verdade, mostre  sua face. Pois a  minha está aqui para os tapas até agora! Estou cansada de lidar com ratos, principalmente aqueles que não conseguem copular.

Se você realmente acreditasse no comunismo comunismo como diz e nos seus princípios TERIA MOSTRADO A SUA CARA DESDE O INÍCIO.

No entanto vou matar a sua curiosidade sobre porque João Carlos compartilhou tantas informações comigo. É porque ele me viu como uma mulher e conversou muito antes de tentar alguma coisa, mas com vagabunda ele só trepa, para apenas trepar não se faz necessário  dividir nada com as pobres coitadas.(Sabe, ele tem por abito manter algumas  amiguetes).

Diferente de você eu sou uma mulher nova, interessante, sedutora, cobiçada (isso dito por ele mesmo). Antes de pensar apenas na minha Xere** ele desejou o corpo todo. Essa é uma das diferenças entre uma dama e uma vagabunda.

Para não deixar dúvida:
Você contou que também esteve presente na campanha do Kique Carvalho, então, você pode ver com os seus próprios olhos como João Carlos ficava atrás de mim como um bom cachorrinho não me deixando em paz, não é mesmo!

"Paulinha Avent" já parou para pensar no porque ele só fica falando que vai me processar e nunca me processa? Mas não fique triste por ele gostar de mim de uma forma doentia, afinal pelo que sei, fui a única que disse não para ele. Seus emails recalcados confirmam isso.

Eu tenho segredos desse homem que ninguém mais tem.

 Obs.:Diga para o Cacau não extrapolar por causa da intolerância a lactose e dê meus parabéns a ele por menos 1 ano de vida!



Abaixo estou mostrando para você um homem de verdade. Eu poderia até fazer a caridade de alugá-lo para você, mas infelizmente esse homem só se relaciona com mulher de verdade!
















Esse é e sempre será meu único e verdadeiro amor! Somente quem já foi amada pode entender o valor de se  ter um homem de verdade!


Link indicado: CRUZEI UMA DOIDA




terça-feira, 2 de outubro de 2012 0 comentários

Senhor dos Anéis



As ex-mulheres, amantes, namoradas (como queiram chamar) do João Carlos de Carvalho me procuram e a ladainha é sempre a mesma. Quero f*der esse filho da p*ta.
Legal, temos interesses em comum, também quero f*der esse filho da p*ta.

Mas ai a mulherada se sente mais a vontade e se empolga: Elenice é gorda, é velha é corna... E sinceramente mal conheço essa senhora e seja lá o que ela for não me interessa. É problema dela ou do João Carlos.
Não tive, não tenho e nunca terei nada com esse crápula. Quero saber é de resolver o meu problema.

O cara não deve ter um pênis entre as pernas e sim uma varinha mágica para a mulherada ficar desse jeito.
Ou será que é isso que acontece depois de uma fo** mal dada? A mulherada pira.

Eu já sei que o João Carlos toma Viagra, e nem assim o a coisa fica dura de verdade. Já sei que o pinto é fino, que os testículos são retraídos, que sofre de ejaculação precoce mesmo com o remedinho, que ele não apara os pelos da região intima, que a única coisa que cresce nele é uma verruga vermelha e enorme nas costas.
Já sei que a pelanca que se acumula na base da orelha e em outros lugares não é chiclete de bola. Sei da fimose... Em resumo acabei sabendo mais sobre o pênis e desenvoltura sexual do João Carlos do que sobre a minha própria vagina.

Mas já perdeu a graça.
O cara me deixou propositalmente sem emprego sabendo que disso dependia o sustento da minha família, usou meu nome para lavagem de dinheiro, desvia dinheiro público na maior das caras de pau. Realizou uma campanha política para o irmão (Carlos Henrique Carvalho) o Kique Carvalho comprando metade da milícia do Rio de Janeiro, é aviãozinho do PCdoB entre outras coisas e vocês querem me falar que a Elenice é gorda, corna...que ele é ruim de cama.
Faz favor, quero que se dane João Carlos.

No dia que  cheguei ao escritório e ele estava fazendo um discurso sobre o quanto a tal da Elenice era frígida, que dormia de calça jeans todas as noites... ali eu fiquei sabendo que ele era brocha e pela coisa mais simples do mundo:
Mulher não faz greve de sexo ao menos que o cara esteja muito errado ou o sexo esteja uma merda.
Se o homem não está satisfazendo meu bem, a mulher vai se dá ao trabalho? Logo, acertei nas duas opções. 

Vocês estão jogando toda a fúria encima dessa pobre coitada tão vitima quanto vocês. Acaso alguém já parou para pensar que o canalha é o João Carlos, que o problema está na falta de escrúpulos dele?
João Carlos desenvolve relacionamento com vocês, pois é uma necessidade para ele, até em razão de amenizar as próprias inseguranças.
Mas ele não tem maturidade para aprofundar a relação. É o tipo de cara que acha que ejacular e gozar são as mesmas coisas.

Para tirar qualquer dúvida vou contar um segredo para vocês meninas: a Elenice que sempre aparece apenas no fim do jogo, não é e nunca será o problema de vocês. O que ocorre é que o João não consegue manter 2 mulheres ao mesmo tempo (sem contar a Elenice) então quando ele arruma outra novidade para brincar ele dispensa a anterior. É só isso. Simples assim!

Então não adianta se descabelar, nem achar que você é o GOLLUM enquanto o João Carlos está usando o anel peniano “My precious” numa nova versão para “Senhor dos Anéis”.

E outra, que as moças se entreguem a rompante eu entendo, mas mulheres maduras se prestarem ao vergonhoso papel para mim é inconcebível. João Carlos está com essa moral toda mesmo, ou a falta de homem no mercado chegou a níveis alarmantes?
O que está havendo? Mulherada se vocês não se valorizam quem vai valorizar?

Agora por favor, deixem-me em paz. Se não for para ajudar também não quero saber do João rolinha.
João Carlos de Carvalho me prejudicou muito e eu quero justiça. Alias João Carlos de Carvalho vem a muitos anos aproveitando de sua situação privilegiada resguarda pelo PCdoB para prejudicar muita gente. Mas afirmo á todos  a justiça será feita!



Links indicados:





segunda-feira, 1 de outubro de 2012 0 comentários

FRAUDE NA ELEIÇÃO do COREN


Esses são alguns dos nomes de pessoas do PCdoB diretamente ligadas a sabotagem da eleição do COREN do ano de 1012: João Carlos de carvalho, Clovis Cruz, Hélio Pedrenho, Carlos Anjos Estrela (Charuto) e José Roberto.
Claro que a lista de nomes ao que tudo indica é extensa, mas essas pessoas foram as que estiveram em contato diretamente comigo em razão de efetivar a eleição da chapa1 no COREN.
R$ 150 para participar da eleição, mais R$200 para participar do esquema e R$ 60 para controlar mais 10 militantes do partido. Assista a reunião geral e depois venha para reunião na sede estadual do partido onde serão dadas as devidas orientações. Não me aprofundei no assunto, mas ao que parece os integrantes da chapa 2 desconfiaram da armação e conseguiram por meio da justiça algum tipo de ordem que obrigou ao PCdoB a mudar a forma de ação para garantir a eleição da chapa1. Tenho pena dos integrantes da chapa2 do COREN foram feitos de palhaço. Imagino devem ter inutilmente se esforçado para ganhar uma eleição comprada, nada que eles pudessem fazer que os levaria  a vitória.  
Depois que o João Carlos de Carvalho usando da suas condição de dirigente estadual do PCdoB usou meu nome para lavagem de dinheiro e me deu um golpe deixando-me sem trabalho ou qualquer outro meio de sustento para mim e minha família tenho denunciado os absurdos vivenciados nesse partido que apóia e sobrevive desse tipo de ação covarde, tirar de quem não tem para dá aos ricos.
João Carlos de Carvalho e companhia consciente da situação precária a que me encontrava deram por certo que eu seria mais uma a participar da sabotagem da eleição do COREN, afinal, eu precisava e muito de dinheiro, necessitava para minha própria alimentação, dessa forma eu ficaria com o chamado “rabo preso” o que faz muita gente que hoje está acompanhando minhas denuncias, que já passou até mesmo por situação parecida se calar diante da máfia do PCdoB. Mas prefiro passar fome a participar dessa sujeira.
Inevitavelmente a chapa 1 por meio de fraude a chapa1 ganhou a eleição do COREN, mas deixo claro que eu não contribui em nada com isso.

Entre os vitoriosos alguns usam a frase: Chapa1 nessa eu confio!
E tem que confiar mesmo, pois, o PCdoB paga e muito bem para isso.

COREN(Conselho regional de enfermagem) 


 
;